Semana das camélias no Porto

Como já é habitual, a Primavera chega mais cedo à cidade do Porto. Entre os dias 5 e 12 de março, a cidade vai se encher de flores com a Semana das Camélias.


O Porto volta a ser a “Cidade das Camélias” numa semana repleta de atividades dedicada à flor. Exposições, workshops, oficinais ou animação de rua, são algumas das mais de 40 atividades que vão estar espalhadas pela Invicta na Semana das Camélias.

A camélia, que muitos consideram a “Rainha das Flores”, vai estar presente em vários locais, como em jardins, museus, bibliotecas e até mesmo nos elétricos, que vão estar decorados com esta flor.

O programa da Semana das Camélias inicia-se no sábado, 5 de março, às 11h no Mercado Bom Sucesso, com uma sessão de “Pratos com História”. Também no sábado começa a “XXI Exposição de Camélias do Porto”, na Casa de Serralves. Este ano, o tema da exposição é “Porto aberto ao Mundo. Desafios do século XXI na Exposição XXI”. Esta exposição inclui ainda o Mercado da Camélia, que é uma exibição de trabalhos escolares.

Nos dias 5 e 6 de março há também um Teatro de Sombras Japonesas, da artista plástica Beniko Tanaka. A iniciativa parte do pelouro do Ambiente da Câmara Municipal do Porto, da PortoLazer e da Associação Portuguesa de Camélias.

Na Igreja dos Clérigos, no dia 5 de março à noite, há o concerto “Sinfonia das Camélias”, da Orquestra do Conservatório de Música Calouste Gulbenkian de Braga.

A Semana das Camélias é um evento que tem atividades para toda a família. Para os mais novos, há um workshop de cozinha no Mercado Bom Sucesso, no dia 5 de março. No dia 7, uma oficina de impressão na Associação de Gravura do Porto e, no dia 10, um atelier de pintura de azulejos no Palacete dos Viscondes de Balsemão. A pensar também no público invisual, o evento tem uma oficina sensorial, na Fundação Escultor José Rodrigues, no dia 9 de março, onde estes podem explorar o barro.

No dia 11 de março realiza-se a Festa da Lanterna do Vietnam, que conta com 130 lanternas de papel com camélias lançadas sobre o lago do Jardim de João Chagas, na Cordoaria. O evento também conta com a degustação de chá de camélia em 15 restaurantes da cidade do Porto.

Tanto os portuenses como os visitantes, podem usufruir de visitas guiadas pela cidade. Podem visitar a Quinta de Villar d’Allen, que tem uma vasta coleção de camélias, o Teatro Nacional de São João, a Feitoria Inglesa ou o Palácio do Bolhão.

A Semana das Camélias termina com a festa “Flower Power”, no dia 12 de março, na Praça General Humberto Delgado, nos Aliados. A entrada é livre em todas as atividades do evento.

Para promover a semana dedicada à camélia, a Câmara Municipal do Porto vai oferecer cerca de três mil camélias na zona de chegadas do Aeroporto Francisco Sá Carneiro. No Dia da Mulher, 8 de março, vai oferecer camélias na Rua das Flores e no Largo de São Domingos. A ligação desta flor à cidade foi reforçada em 2015, com a criação da marca “Porto. Cidade das Camélias”.

Deixa um comentário