Equador treme outra vez

A costa norte do Equador acordou com um sismo de magnitude 6.1 na escala de Richter, esta quarta-feira.

O epicentro do novo sismo ocorreu a 25 quilómetros de Muisne, cidade costeira, situada no sudoeste da província de Esmeraldas, a noroeste do Equador.

O abalo sentido na capital, Quitto, e na maior cidade do país, Guayaquil, foi classificado pelos peritos como “ligeiro”.

A costa do Equador já havia tremido no sábado, ao fim da tarde por um sismo de magnitude 7.8.

Através de um novo balanço feito pelas autoridades, o número de mortos subiu para 525, há mais de 4 mil feridos e centenas de pessoas continuam desaparecidas.

A destruição provocada ao longo de 100 quilómetros da costa pacífica do Equador foi avaliada pelas autoridades em cerca de 3 mil milhões de dólares.

O tremor de terra está a ser considerado o pior sismo dos últimos 40 anos no Equador.

Deixa um comentário