O casamento entre o jornalismo e a psicologia

A representação de situações negativas do nosso quotidiano compõem a génese do novo programa da SIC “E se fosse consigo”. Um formato que articula o jornalismo à sociologia, pretendendo expor os cidadãos a situações mais negativas, com o fim de captar as suas reações.  


O impacto social causado pelas situações mais negativas do nosso quotidiano é o mote principal deste novo formato, que através da representação de vários episódios dos nossos dias, pretende captar as diferentes reações do público.

Apresentado por Conceição Lino, o programa é emitido às segundas-feiras, e tem como finalidade provocar o debate de vários temas, que ainda hoje são tabus na nossa sociedade, como: Racismo, obesidade, bullying, homossexualidade, entre outros.

Apesar de tudo não passar de uma performace, o programa assume-se como um espelho da sociedade moderna, cruzando as reações dos cidadãos, com alguns testemunhos de pessoas que já passaram pelas mesmas situações.

Deixa um comentário