Ataque em Munique faz um morto e três feridos

Um alemão de 27 anos matou uma pessoa e feriu outras três, esta quarta-feira, na estação de Grafing, arredores de Munique.

A Procuradoria de Munique informou que o atacante fez declarações no local do crime que levam a admitir motivações políticas.

Segundo várias testemunhas, o agressor gritou várias vezes “Alá é Grande”, enquanto atacava as vítimas com uma faca.

O ministro do Interior, Joachim Herrmann, afirmou que, apesar das autoridades admitirem que a agressão poder ter tido “motivações políticas”, é necessário esclarecer outras questões, como “perturbações mentais e dependências de drogas”.

De acordo com as autoridades, o agressor entrou num comboio e atacou uma das vítimas pelas costas, com uma faca. A vítima acabou por morrer no hospital para onde foi transportado.

De seguida, o agressor desceu as escadas da composição e apunhalou a segunda vítima, que se encontra ferida em estado grave.

Após sair da estação esfaqueou dois homens que seguiam de bicicleta e que acabaram por ser hospitalizados com ferimentos ligeiros.

Segundo fontes oficiais, os três feridos têm 58, 43 e 55 anos e no momento do ataque seguiam para Munique.

O atacante foi detido pelas autoridades e não ofereceu resistência.

O alemão de 27 anos não explicou as razões que o levaram a praticar o ataque.

Segundo responsáveis da polícia, tratou-se de um ato isolado.

Deixa um comentário