#5 Respostas…numa só Stickada

“Gostava de voltar a representar o F.C. Porto”

 

Francisco Silva, jogador do Juventude de Viana. Fotografia de Paula Brites Cunha

Nasceu em 1991 e com apenas 4 anos começou a jogar Hóquei. Francisco Silva, nascido e criado na Foz do Douro, no Porto, joga na posição de Universal no Associação Juventude de Viana desde 2014. Completando a terceira época ao serviço do atual 6º classificado do Campeonato Português, considera que “atualmente joga no melhor campeonato do mundo”. Não pensa em sair de Portugal, até porque se encontra a “finalizar o curso e, portanto, não faria muito sentido sair do país”. Por outro lado, Francisco defende que “jogar num grande em Espanha é sempre aliciante” e, como tal, não descarta essa possibilidade.

Dividiu a formação entre o Clube Infante Sagres (1995 até 2006) e o F.C. Porto (2006-2010). Sagrou-se Campeão Nacional pelos azuis e brancos nos escalões de Juvenil e Júnior. Com apenas 17 anos de idade, estreou-se como sénior pelos dragões. No primeiro ano oficial de Sénior, rumou à União Desportiva Oliveirense, clube que representou até 2013 e onde venceu 2 Taças de Portugal (épocas 2010-2011 e 2011-2012). Seguiu-se uma passagem de uma época pelo Hóquei Clube de Cambra, até chegar ao Juventude de Viana, equipa onde ainda se encontra.

A representar o Juventude de Viana.
Fotografia de Paula Brites Cunha

Silva representou, também, as seleções jovens nacionais em duas diferentes ocasiões. Foi Campeão da Europa de Sub-17, corria o ano de 2005. “Ser Campeão Europeu em França e cantar o Hino Nacional, num pavilhão com a minha família e cheio de imigrantes portugueses, foi um momento inesquecível”.  Ao título de Campeão Europeu, junta um segundo lugar no Campeonato da Europa do mesmo escalão, no ano seguinte.

 

 

 

 

 

 

Infomedia – O que te levou a escolher o Hóquei?

Francisco Silva – Como consequência da minha avó viver ao lado do pavilhão do Infante Sagres, desde pequeno que ia para lá brincar. Além disso, os meus tios já tinham jogado e a minha família sempre me incentivou a ingressar na modalidade.

Info – Quais os principais objetivos para o futuro da tua carreira?

F.S. – Esta época queremos acabar o melhor possível no campeonato. Em relação a objetivos individuais, quero ter cada vez mais minutos e ser influente na minha equipa.

Info – Qual a equipa que mais te marcou e porquê? E o título?

F.S. – A equipa que destaco é o F.C. Porto, onde joguei nos juvenis e juniores, pois foi o clube que fez com que ganhasse espírito competitivo e vontade de ganhar. Fui campeão nacional em ambos os escalões e, enquanto júnior, representei os seniores. O título que mais importância teve para mim foi a minha primeira Taça de Portugal pela Oliveirense, pois era o meu primeiro ano de Sénior e o grupo era fantástico.

Info – Como jogador, há alguma equipa que tenhas o sonho de representar?

F.S – O meu clube de coração é o Porto. Gostei muito de lá jogar e, por esses motivos, é o clube que gostava de voltar a representar.

Info – E após o Hóquei?

F.S. – Estou a acabar a Licenciatura em Gestão de Marketing e gostava de trabalhar na área.

Deixa um comentário