O conceito do District – Offices and Lifestyle

Em fevereiro de 2017 abriu um novo espaço na cidade do Porto que traz inovação, pois alia a área do comércio com o ramo empresarial. Neste local, que tem cinco pisos, encontramos lojas para fazer compras, escritórios para trabalhar, sala de reuniões que podemos alugar e espaços de restauração que serão o próximo passo deste projeto. O objetivo do District é que “haja tudo o que as pessoas precisem” no mesmo espaço.

Um dos pontos fortes do District é a localização. É um edifício que se situa na Batalha, perto do Teatro Nacional São João e da Sé do Porto que é o coração da cidade. O espaço também está próximo da estação de metro, da Estação de São Bento (comboio) e da paragem de autocarros, logo está ao alcance de qualquer pessoa. O local já foi a Casa do Governo Civil do Porto e a sede da PSP (Polícia de Segurança Pública).

Elisa Andresen faz parte do departamento de marketing e é responsável pelo espaço e explica que “o projeto surgiu quando o imóvel ficou à venda” e nessa altura aproveitaram “para implementar a ideia que estava em carteira”, ou seja, as pessoas que idealizar o District tiveram a oportunidade de concretizar a ideia que tinham em mente (“criar um espaço que juntasse o trabalho e o lazer”).

Dentro do edifício, podemos encontrar o Urban Market que é o local onde o consumidor pode apreciar, ver e comprar produtos que são portugueses e criativos. Segundo Elisa Andresen este foi o local ideal para “as empresas que já estavam no mercado” e que “precisavam de um espaço maior”, expandirem o seu negócio.

Mónica Mota é a proprietária da loja Barraquinha onde existem vários produtos artesanais, nomeadamente, sabonetes, lembranças, artigos de decoração, produtos regionais, entre outros. Esta lojista viu no District uma nova forma de divulgar o seu negócio. “Sabíamos que ia ser uma novidade, que íamos ter a possibilidade de conviver com outras pessoas e ter uma experiência nova”.

Deixa um comentário