Morreu o piloto Nicky Hayden

O antigo campeão do mundo de MotoGP morre após cinco dias internado no hospital em estado crítico.

Nicholas Patrick Hayden, mais conhecido por Nicky Hayden, faleceu no dia 22 de maio de 2017 no Hospital Maurizio Bufalini, em Cesena, Itália. O seu prognóstico era reservado e apresentava danos cerebrais.

O acidente ocorreu quando estava a andar de bicicleta em Rimini, e um automóvel o abalroou, partindo o vidro frontal da viatura. Foi rapidamente assistido e encaminhado para o hospital.

Nicky Hayden nasceu a 30 de julho de 1981, em Kentucky, nos Estados Unidos da América.  E faleceu aos 35 anos. Atualmente competia na equipa Honda, sendo um dos representantes da marca, no campeonato de Superbikes. Fez história nesta modalidade desportiva, quando em 2006 se tornou campeão mundial de MotoGP.

Começou aos 3 anos de idade nesta modalidade e aos 11 anos participou na primeira prova. Já aos 16 anos, tornou-se um competidor profissional. Em 2003, estreia-se no Mundial de MotoGP, ao comando de uma mota Honda.

A família tinha grandes ligações ao motociclismo, o que também levou a que Hayden ganhasse uma paixão por este desporto. Tommy, seu irmão, num comunicado à equipa Honda afirma “Ele sonhava desde pequeno em converter-se num grande piloto e não só conseguiu como também, se converteu num campeão do mundo neste desporto”. O seu pai Earl e os seus irmãos Tommy e Roger também competem em diferentes campeonatos dos Estados Unidos.

Este trágico acidente deixou a família de rastos e as mensagens de apoio foram muitas. Tommy, ainda no comunicado à Honda, desabafa “Em nome de toda a família Hayden (…) gostaria de agradecer todas as mensagens de apoio” e continua “É um momento muito triste, mas queríamos que todos o recordássemos como feliz que era a pilotar uma mota.”

Também os fãs se mostraram devastados com este incidente. Pedro Coelho, um grande apreciador e seguidor de MotoGP, comenta “Foi uma grande perda do motociclismo, nunca mais o irei esquecer”. Ainda Cristina Santos, uma fã do piloto anuiu “As coisas acontecem quando menos se espera. Foi uma grande perda, mas espero que ele continue a ser lembrado todos os dias e que continue a inspirar muita gente”.

A lenda do motociclismo perdeu a vida após tantos dias de luta.

Deixa um comentário