O NOS PRIMAVERA SOUND está a chegar, vais faltar?

Está à porta a 6ª edição do NOS Primavera Sound que terá lugar no Parque da Cidade, no Porto, entre 8 e 10 de Junho. Este festival nortenho vence pela música alternativa que pouco passa nas estações de rádio comerciais. Bon Iver, Aphey Twin, Justice e Run The Jewels são alguns dos nomes em cartaz este ano.

Carolina Franco, estudante, há vários anos que marca presença no festival e diz ao #infomedia que “o mais incrível no Primavera [Sound] é o facto de conseguires viajar para um sítio à parte que não percebes bem qual é, mas que te absorve durante três dias”. O público deste festival não tem uma “nacionalidade definida, não há limite de idade, mas há algo que une toda a gente: quem lá está gosta realmente de música e não vive sem ela”.

A mística deste evento não se resume apenas à música. É naquele espaço a poucos metros do mar, junto à Praia de Matosinhos, que se consegue um “cenário meio idílico, no meio do jardim, a ver o sol a pôr-se no mar, enquanto se assiste a um concerto deitado na relva”.

Portugal recebe inúmeros festivais de música, como o NOS Alive, o Sumol Summer Fest e o Super Bock Super Rock, mas “não há nada que iguale isto; a música é, como eu disse, o que mais importa ali” e acrescenta que “são três dias em que consegues gastar muita energia, mas compensá-la com muitas memórias que vais querer recordar um dia”.

Carolina nem sempre conseguiu entrada, “a única edição a que não fui do Primavera Sound até agora foi a primeira”. “Tinha 15 anos e a minha vontade de ver The XX e Kings of Convenience não foi o suficiente para convencer os meus pais”. Desde então, conseguiu ir sempre e foi lá que assistiu “a alguns dos melhores concertos da minha vida, como: Blur, Nick Cave, Brian Wilson, Sigur Ros e podia continuar esta lista quase interminável”. Em relação a este ano, Carolina não sabe se irá conseguir ir, uma vez que os passes gerais já esgotaram e não foi a tempo de adquirir o seu, desabafa: “se não for vou ficar muito triste, já é o meu ritual favorito para ganhar ânimo para um ano inteiro”.

E tu, vais ficar em casa?

Deixa um comentário