O campeonato das ondas em Peniche

Desde 2009, Peniche tem sido o local definido para acolher a etapa portuguesa do campeonato mundial de surf. Organizado pela World Surf League (WSL), desde março até dezembro, os melhores surfistas do mundo disputam 11 etapas em nove locais diferentes, sendo que a etapa portuguesa é a penúltima da lista.

O MEO Rip Curl Pro Portugal realizou-se entre 20 e 31 de Outubro, onde se reuniram nomes da elite do surf como John John Florence (atual campeão), Gabriel Medina, Jordy Smith, Julian Wilson e Owen Wright. O campeonato inicia-se com três etapas na Austrália, seguindo-se para o Brasil, África do Sul, Taiti, Estados Unidos da América, França, Portugal e, para finalizar, no Havai.
A representar Portugal, Frederico Morais ocupa o 13º lugar na classificação global, sendo que poderá ascender ao top 10 pela boa prestação que teve nesta etapa; todavia não conseguiu o acesso aos quartos-de-final devido à derrota na quinta ronda contra o australiano Mick Fanning, tendo terminado em 9º lugar.

O vencedor do MEO Rip Curl Pro Portugal 2017, pela primeira vez na carreira, foi o surfista Gabriel Medina de 23 anos. Já no ano de 2012 esteve presente na final em Peniche, no entanto perdeu para o australiano Julian Wilson. Tendo conquistado a segunda vitória consecutiva (sendo que a primeira se deu em França no Quiksilver Pro France) contra o mesmo adversário do ano de 2012, neste final de ano as ondas estão a ser dominadas pelo jovem brasileiro, uma vez que irá tentar conquistar a última e derradeira etapa, o Billabong Pipe Masters, entre 8 e 20 de dezembro, no Havai, com o objetivo de se sagrar campeão mundial de surf.

Podem ainda assistir à final em Peniche no vídeo abaixo:

Imagens de: WSL

Deixa um comentário