NASA descobre sistema com 8 planetas

A NASA, agência responsável pela pesquisa e desenvolvimento de tecnologias e da exploração espacial, através da inteligência artificial do Google conseguiu encontrar um sistema com oito planetas.
É o maior sistema planetário alguma vez encontrado.

Através da missão Kepler e da parceria realizada com a Google, a partir dum laboratório quântico, a primeira utilização na História da inteligência artificial no espaço (desenvolvida pela Google) foi determinante para se encontrar um sistema solar tão grande como o nosso. Esta descoberta é da principal autoria dos investigadores Christopher Shallue e Andrew Vanderburg, uma vez que foram os responsáveis pela programação do computador para este conseguir identificar exoplanetas* e cerca de 15 mil sinais pela (quase) imperceptível iluminação emitida por uma estrela quando um planeta atravessa-a.

*O que são exoplanetas?
Os exoplanetas são, assim, planetas que orbitam uma estrela que não seja o Sol. Ou seja, são planetas que pertencem a um sistema planetário diferente do nosso.

Com isto, há oito anos que a sonda Kepler tem vasculhado a Via Láctea, mais especificamente a nossa região, com a finalidade de encontrar planetas semelhantes ao nosso. Este observatório espacial tem a função de reconhecer quais destes estão na zona habitável da estrela em que orbitam, de modo a prever se possuem água no estado líquido, à superfície, de modo a permitir o desenvolvimento da vida.
Se não fosse pela missão Kepler, hoje ainda não saberíamos se os planetas são corpos celestes idênticos para lá do Sistema Solar. Agora, é possível aferir que pelo menos um planeta orbita em todas as estrelas existentes no espaço.

Deixa um comentário