A flexibilidade chega à tecnologia

Nos anos 2000, os flip phones revelaram ser a moda da década. Apesar da forte adesão a esta nova forma dos dispositivos móveis, o fenómeno foi facilmente trocado pela proximidade do touch. No entanto, será que este fenómeno vai ser novamente substituído?

Atualmente existem diversos fabricantes a trabalhar em equipamentos dobráveis, nomeadamente a Microsoft. O formato concha, que na primeira década do milénio conseguiu conquistar tudo e todos, parece estar de regresso e pronta para dominar os mercados tecnológicos.

A Lenovo também apresentou o modelo CPlus em 2017, mas ainda não avançou para produção. No entanto, a  LG  apesar de já ter  mostrado o conceito várias vezes, a data do lançamento do mesmo ainda não foi revelada, contudo, suspeita-se de que o lançamento está para breve. Já a líder de mercado Samsung  poderá lançar o seu smartphone dobrável já em janeiro em Las Vegas, na feira de tecnologia CES 2018.

O Galaxy X está a ser desenvolvido desde 2011e revela ser  um sistema complexo, difícil de produzir em massa, pelo que se antecipa que o lançamento do Galaxy X seja bastante limitado no início. No entanto, alguns rumores apontam para dois dispositivos tecnológicos capazes de se “desenrolar” e transformar num tablet de oito polegadas. Já no caso da LG, o CPlus dobra-se à volta do pulso como um relógio, revolucionando assim os recentes smartwatches.

 

 

Deixa um comentário