O Porto celebra o 25 de abril

A três dias da celebração dos 44 anos do 25 de abril, o #Infomedia dá-te toda a informação sobre as comemorações do Dia da Liberdade, na cidade do Porto.

Fotografia: Programa CMP’18

A animação é garantida pela Câmara Municipal do Porto (CMP) – entre ‘’música, fogo de artifício, jogos tradicionais, workshops e um Desfile pela Liberdade’’, assim será marcada a celebração da Revolução dos Cravos. Tal como é habitual, a Comissão Promotora das Comemorações Populares do 25 de Abril no Porto, que este ano envolve 19 associações, é parceira da CMP na organização deste evento.

A festa começa ainda na véspera do feriado nacional com o concerto de um músico nascido num bairro social do Porto – Bezegol – que atuará na Avenida dos Aliados, a partir das 22h. Logo de seguida, e porque é um marco histórico que não poderia deixar de ser relembrado, irá ouvir-se “Grândola, Vila Morena”, de Zeca Afonso, cantada pelo grupo Coral da Faculdade de Letras da Universidade do Porto (FLUP).

A meia-noite será assinalada com um espetáculo de fogo de artifício.

Já o dia 25 de abril, da parte da manhã, é dedicado às crianças. A partir das 10h, na Praça D. João I, jogos tradicionais e ateliês são algumas das iniciativas que integram o programa infantil.

Depois de almoço, às 14h, decorrerá no Museu Militar do Porto, uma homenagem aos resistentes antifascistas. Segue-se o habitual Desfile pela Liberdade, que terá como ponto de partida a Rua do Heroísmo e seguirá até à Avenida dos Aliados. Isto, para não perder o encerramento das celebrações com a atuação musical de Caruma, e uma hora mais tarde, de Pedro Mestre, acompanhado do coro de Cante Alentejano.

A data histórica portuguesa, consequente do movimento político e social que pôs fim ao regime ditatorial do Estado Novo e instaurou a democracia, é agora motivo de comemoração e homenagem a todos os que tornaram possível este volte-face em Portugal.