Whatsapp? Só a partir dos 16

 

A partir de maio, a rede social Whatsapp só vai poder ser utilizada por pessoas com idade superior a 16 anos.

Desde que um adolescente completasse 13 anos, poderia passar horas e horas a falar por mensagens, voz ou até mesmo video com os amigos. Todavia, uma nova versão criada pela Ireland, Ltd, uma nova entidade, onde o Facebook também já tem sede, irá deixar de o permitir. Tudo significa que a faixa etária dos 13 anos terá de arranjar novas formas de comunicar no ciberespaço.

Assim sendo, cada utilizador antes de escrever o seu número e respetivo nome de utilizador, terá de confirmar que tem uma idade superior àquela que a Politica de Condições de Serviço e Proteção de Privacidade exige.

Este anúncio surgiu  depois do escândalo da filtração de dados do Facebook à Cambridge Analytica relativamente últimas eleições que decorreram nos Estados Unidos bem como ao referendo sobre a saída do Reino Unido da União Europeia.

O objetivo é proteger as contas dos utilizadores e prevenir que tais situações aconteçam, de forma a que o “bom nome” das redes sociais e daqueles que as dirigem possam ser limpos.

Curiosamente, o mesmo cenário não acontecerá à partida com o Facebook porque na sua Política de Privacidade consta que os ” teenagers” de 13 anos poderão utilizar a rede criada por MarkZuckerberg de livre vontade e sem o acompanhamento obrigatório dos pais.

“Com esta atualização, não estamos a solicitar novas autorizações para compilar informação pessoal. O nosso objetivo é simplesmente explicar como usamos e protegemos os dados sobre a pessoa”, comunicou WhatsApp.

Segundo dados verificados no mês de janeiro, já são mais de 1500 milhões os usuários desta rede social e promete não parar por aqui. Apenas os seus utilizadores serão um pouco mais crescidos.

 

Deixa um comentário