A febre do “animal print”

O animal print é considerado um must-have da estação outono/inverno de 2018. Apesar de se apresentar como um estampado já conhecido e ter sido usado em coleções passadas, nunca chegou com tanta força como este ano, e promete durar toda a estação, com diferentes cores e em diferentes materiais. Do leopardo à cobra ou da zebra ao dálmata, muitas são as opções que inspiram grandes marcas como Michael Kors e Tom Ford, que trouxeram estes visuais de volta aos desfiles de Nova Iorque e ao mundo.

O estampado animal é visto, essencialmente, como um risco, mas a verdade é que é um padrão que se adapta a múltiplos corpos e permite à mulher várias combinações de diferentes peças. Inicialmente, foi apresentado em acessórios, como carteiras e lenços, mas rapidamente expandiu para casacos, camisas, calças e até mesmo sapatos.

Para mulheres mais discretas, que não apostam no estampado na roupa, existe sempre a oportunidade de usar peças neutras e utilizar pequenos acessórios associados à tendência. Mulheres mais ousadas que procuram arriscar possuem a vantagem de que a junção de diferentes materiais de roupa está bastante em voga, e o padrão encontra-se já disponível nas mais variadas cores, o que permite uma diversa combinação de textura e cor servida ao estilo de cada mulher. Desta forma, a mistura de padrões já não se torna uma proibição, uma vez que, nos dias de hoje, o xadrez dialoga com o animal print, seja de leopardo ou cobra, no mesmo visual. A mistura de materiais está principalmente associada à bombazina, napa e vinil.

O padrão clássico é associado a cores como o castanho, preto e branco, mas neste momento, marcas como Zara, Bershka, Stradivarius ou Parfois utilizam o mesmo estampado com tons mais fortes, como o vermelho, azul e amarelo. Isto acotece para que o estilo não se torne repetitivo ou seja associado apenas a tons neutros. Estas lojas também proporcionam preços mais acessíveis e apelativos ao público, uma vez que são peças de vestuário associadas a alta costura.

A tendência do animal print é marcada por características bastante fortes; é por essa razão que já esteve presente no passado e hoje é considerado indispensável no guarda-roupa de uma mulher. No entanto, seguir a moda não significa o mesmo para todas as pessoas; o animal print não precisa ser relacionado apenas a desfiles de moda, devemos somente manter como referência e associar o que melhor se adapta ao nosso corpo e estilo. Já afirmava Coco Chanel, “a moda sai de moda, o estilo jamais”.

Editado por: Daniel Dias

Deixa um comentário