Skepta, o tri-campeão

Na atualidade, é bastante comum artistas quererem que a sua tour passe por Portugal, mas quantos artistas internacionais podem dizer que vieram a Portugal 3 anos seguidos, a diversos sítios e em alturas completamente diferentes? O rapper Skepta é capaz disso, ele que vem de Inglaterra para Portugal pela terceira vez consecutiva. 

Depois de passar pelos festivais NOS Primavera Sound e Paredes de Coura, o artista grimme parece ter gostado do ambiente que se vive no nosso país e decidiu voltar para atuar na capital, Lisboa.  

Skepta lançou em 2016 o álbum Konnichiwa, que acabaria por lançar o artista para o mainstream (apesar de já ser o seu quarto projeto) e fazer com que o grimme fosse um género musical bastante popular na comunidade do hip-hop. Será seguro dizer que um músico chegou a ser mais famoso que o seu próprio estilo musical? Neste caso sim, pois um estilo que era unicamente ouvido em Inglaterra acabou por conseguir espalhar-se pelo mundo graças aos trabalhos de Skepta, que foi o principal elemento para que hoje o grimme tenha crescido de tal forma que até artistas de outros países já começam a explorar esta sonoridade. 

Grimme é um estilo que nasceu em Inglaterra e acaba por ser uma fusão de vários estilos musicais, entre os quais, hip-hop, ragga, jungle e drum and bass. Acabou por ficar ligado mais ao hip-hop por ser uma variante de rap, no entanto a vibe jamaicana e a batida completamente eletrónica fazem também com que os outros estilos se incluam.  

Com um disco, dois singles de ouro e mais recentemente um single platina, em conjunto com A$AP Rocky,  Skepta vem com certeza agitar a noite lisboeta. 

A tour europeia SkLevel, nome do novo álbum que deve sair ainda antes do fim de 2018, vai passar por 12 países diferentes, incluindo Portugal. 

Deixa um comentário