Acompanhamento diário: Moção de confiança do atual presidente do PSD, votada hoje no Porto

Realiza-se hoje às 17 horas, no Porto, a reunião de Conselho Nacional extraordinário do PSD onde será votada a moção de confiança do presidente Rui Rio.

As hipóteses são as seguintes:

– Se Rui Rio vencer, mantém-se como presidente do Partido Social Democrata, assim como a sua direção. Luís Montenegro perde a oportunidade de ficar à frente do partido até às próximas eleições legislativas, marcadas para dia 6 de outubro.

– Se Rui Rio perder, a sua direção desmembra-se, fator que pode levar à manutenção da posição como líder do PSD e Luís Montenegro vence, depois de ter pedido eleições diretas antecipadas.

Estas são as hipóteses que ditam o desfecho do encontro de hoje com 136 membros do Conselho Nacional. Ainda não está previsto como será feita a votação.

O #infomedia esclarece as possibilidades:

– Poderá ser feita a votação por voto secreto;

– Por braço no ar;

– Ou votação nominal (um a um);

A favor do voto secreto pronunciaram-se Pedro Duarte, Almeida Henriques, Maria Luís Albuquerque e Luís Filipe Menezes. Em prol do voto secreto exprimiram-se Mota Amaral e Guilherme Silva.

No jornal I, Jorge Bleck, advogado e administrador não executivo da Portugal Telecom (PT) nos anos de 2002 até 2006, disse que se 10% dos presentes na reunião de hoje se manifestarem a favor do voto secreto, este terá de se realizar.

O presidente do Conselho de Jurisdição Nacional, Nunes Liberato, será quem decidirá como se processará a votação.

Resta-nos aguardar.

Raquel Batista

Deixa um comentário