MAIS PESSOAS ATIVAS PARA UM MUNDO MAIS SUSTENTÁVEL

Há muitas formas de realizar atividade física – caminhar, andar de bicicleta, nadar, praticar desporto e envolver-se em atividades recreativas – e muitas oportunidades e contextos para o fazer.

Está provado que a prática frequente de atividade física ajuda a prevenir e tratar as doenças crónicas não transmissíveis, como a doença cardíaca, acidente vascular cerebral, diabetes, cancro da mama e cancro do cólon. Ajuda, também, a prevenir a hipertensão, excesso de peso e obesidade e ajuda na saúde mental, melhora a qualidade de vida e bem-estar.

Ainda assim, o mundo está a ser cada vez menos ativo. À medida que os países evoluem do ponto de vista económico, os níveis de inatividade crescem. Em alguns países, podem atingir os 70%, devido às mudanças nos meios de transporte utilizados, o aumento do uso de tecnologias, valores culturais e urbanização.

Não agir no sentido de aumentar os níveis de atividade física levará ao aumento dos custos, com um impacto negativo nos sistemas de saúde, no ambiente, no desenvolvimento económico, bem-estar da comunidade e qualidade de vida.

Objetivo: reduzir a inatividade física

Fonte: Organização Mundial de Saúde

A atividade física tem muitos benefícios de saúde, sociais e económicos. Pode contribuir para alcançar os Objetivos para o Desenvolvimento Sustentável de 2030.

O plano de ação global de promoção da atividade física dá resposta às solicitações dos países acerca das orientações atualizadas, e um quadro de ações políticas efetivas e viáveis para aumentar a atividade física a todos os níveis. O plano institui quatro objetivos e aconselha vinte ações políticas que são universalmente aplicáveis a todos os países e abordam os múltiplos determinantes culturais, ambientais e individuais da inatividade.

Plano de ação global para a atividade física 2018 – 2030

Criar sociedades ativas

Criar uma mudança de paradigma em toda a sociedade, ampliando o conhecimento, a compreensão e a valorização dos múltiplos benefícios da atividade física regular, de acordo com a capacidade e em todas as idades.

Criar ambientes ativos

Criar e preservar ambientes que promovam e defendam os direitos de todas as pessoas, de todas as idades, possibilitando o acesso a lugares e espaços seguros, nas suas cidades e comunidades, para praticar atividade física regular, de acordo com a capacidade.

Criar pessoas ativas

Criar e promover o acesso a oportunidades e programas, em diversos contextos, para apoiar pessoas de todas as idades e capacidades a envolverem-se em atividade física regular, individualmente, em família e na comunidade.

Criar sistemas ativos

Criar e fortificar a liderança, governança, parcerias multissetoriais, a capacitação dos profissionais, advocacia e sistemas de informação entre setores para alcançar a excelência na mobilização de recursos e implementação de ações coordenadas internacionais, nacionais e locais para aumentar a atividade física e reduzir o comportamento sedentário.

Deixa um comentário