O desporto português além fronteiras: Lucas João

Voltar
Escreva o que procura e prima Enter
O desporto português além fronteiras: Lucas João
Lucas João ao serviço do Sheffield Wednesday. Fotografia zerozero.pt

[Texto de Diogo Araújo e Francisco Moreira] Lucas Eduardo Santos João nasceu no dia 4 de setembro de 1993 na capital angolana, Luanda. Apesar de ter nascido no continente africano, o atleta de 27 anos tem dupla nacionalidade: portuguesa e angolana. O ponta de lança, que neste momento representa o FC Reading da segunda divisão inglesa, mede 1,93 metros e atualmente tem um valor de mercado de 5,50 milhões de euros, o mais alto de sempre da carreira.

Lucas João: Nacional da Madeira Vs. Paços de Ferreira. Fotografia zerozero.pt e Catarina Morais

Lucas João iniciou o percurso futebolístico na época 2007/2008, em Almada, no distrito de Lisboa, ao serviço do Beira Mar Atlético Clube de Almada, clube pertencente à Associação de Futebol de Setúbal. Permaneceu no clube durante grande parte da formação, mais precisamente até aos sub-19. Na época 2011/2012, saiu de Portugal Continental e mudou-se para o arquipélago da Madeira, para representar a equipa de sub-19 do Nacional. Inicialmente, não teve oportunidade de jogar pela equipa A do clube madeirense e foi então emprestado ao Sport Clube de Mirandela, clube que joga na 3ª divisão em Portugal. Ao serviço do clube de Mirandela, na região de Trás-Os-Montes, o ponta de lança fez a sua estreia como sénior, fazendo 29 jogos, onde conseguiu apontar 12 golos. Após o empréstimo regressou à Madeira, onde ficou por duas temporadas e se estreou na primeira liga portuguesa, num jogo contra o Arouca onde entrou como suplente utilizado. Na primeira liga, somou um total de oito golos em 58 jogos, o que não é muito favorável para um jogador da sua posição em campo. Apesar de desempenhos pouco consistentes, em 2015, Lucas João chamou à atenção de clubes no estrangeiro e foi contrato pelo Sheffield Wednesday por um valor a rondar os 1,80 milhões de euros. Enquanto representava o Sheffield foi emprestado ao Blackburn Rovers, no condado inglês de Lancashire, onde disputou 13 jogos e marcou três golos. Regressou ao Sheffield após uma época de empréstimo, onde permaneceu por mais duas temporadas. Durante esse período, fez 68 jogos pela equipa que atua no Championship [segundo escalão inglês], e apontou 20 golos.

Lucas João contra FC Porto, ao serviço do Nacional. Fotografia zerozero.pt e Catarina Morais

Atualmente, o jogador luso-angolano representa o Reading, tendo sido transferido na época 2019/2020 por 2,50 milhões de euros. Esta época, o atleta encontra-se na melhor fase da carreira e afirmou-se no segundo escalão inglês conquistando o quinto lugar na lista de melhores marcadores. Em 39 partidas pelo emblema inglês no Championship, apontou 19 “tentos” e ainda conseguiu assistir os seus colegas por sete vezes, contribuindo para um total de 36 golos, mas não chegou para atingir um lugar nos play-offs de promoção à Premier League [primeira divisão inglesa], uma vez que ficaram em 7º lugar. Destes jogos, 35 foram como titular na equipa inglesa. Para a EFL Cup [taça da liga inglesa], Lucas apenas disputou um encontro a contar para a primeira eliminatória da prova contra o Colchester United. Nesse jogo, o atleta fez um “hat-trick” [marcar 3 golos no mesmo encontro].

Lucas João ao serviço da seleção nacional portuguesa. Fotografia zerozero.pt, FPF e Francisco Paraíso

Apesar de ter nascido em Angola, nunca chegou a representar o seu país de origem, uma vez que pelo facto de ter dupla nacionalidade, teve a possibilidade de representar a seleção nacional portuguesa. Pela seleção das “quinas”, disputou dois encontros pela seleção sub-20, onde marcou um golo. Lucas jogou também pelos sub-21 por apenas três vezes, mas ainda conseguiu apontar dois golos. Para além destas presenças nos escalões mais jovens, o atleta chegou a representar a equipa principal portuguesa, contudo, nunca se conseguiu afirmar, tendo apenas jogado por duas vezes.